Toda vez que eu venho dar alguma dica para ajudar na blogosfera, eu sempre cito/ressalto a importância do SEO para um blog.

Se você quer ser encontrado na sem ter a necessidade extrema de ficar divulgando em milhares de lugares para ganhar acessos e não trabalha o SEO de seu blog, sinto em lhe dizer que você está fazendo a coisa de forma errada.

Seu conteúdo pode ser um dos melhores, mas se ele não for bem trabalhado no SEO ele não vai ser encontrado com tanta facilidade no Google, Bing, Yahoo e demais buscadores online.

Então para acabar com esse problema chato, vim trazer 6 super valiosas que aplicamos aqui no #OGL e que dão super certo. De uns tempos pra cá, nosso tráfego vindo de sistemas de buscas aumentou 15x mais e possuímos vários posts na primeira página do Google. Agora vamos deixar enrolar e bora para as dicas:

Palavra-chave

Antes de sair escrevendo qualquer post é altamente recomendável que você comece com a escolha da uma palavra-chave. Lembre-se que a palavra-chave é um dos elementos que o Google usa para determinar o seu ranking dentro dele, então fazer um bom post é trabalhar com as melhores opções e produzir um conteúdo que atenda a procura daquelas que pesquisaram por esta determinada palavra.

Faça um brainstorm abordando tudo que é relacionado ao assunto e se pergunte como as pessoas pesquisariam por ele. Após isso defina sua palavra-chave e inclua-a no texto de forma natural.

Título

O título de seu conteúdo/post é a coisa mais importante para um bom posicionamento no Google, e por isso, é indispensável em seu site. O título é a sua primeira conexão com o leitor, então ele deve conter a palavra-chave inclusa nele, além de também deixar claro o conteúdo a ser abordado.

A dica é bem simples quando você quer atrair o público certo para seu conteúdo. Use termos que chamem a atenção e mencione o principal benefício para despertar o interesse.

*Dica extra: O título não pode ultrapassar 70 caracteres, pois esse é o limite que o Google exibe nos resultados de suas buscas.

Meta Description ou Descrição

A meta description é o texto que você encontra logo abaixo do título ao realizar uma pesquisa no Google. Ela possui um grande valor para o seu visitante e por isso você deve construir ela pensando no seu leitor. Mostre um resumo do seu conteúdo de forma simples e direta, pois o limite é de 142 caracteres. Ah e não se esqueça de mencionar a palavra-chave aqui também, ela vai ajudar a rankear o seu post nas primeiras páginas e lugares do Google.

Conteúdo

Na internet as pessoas lêem seguindo um padrão em F, da esquerda para a direita e de cima para baixo. Esse é um padrão geral de leitura, portanto, deve ser também o de escrita – o que torna seu conteúdo escaneável para capturar a atenção do visitante nos pontos certos e de forma rápida. Para isso algumas dicas devem ser seguidas para não perdemos os leitores do meio do texto:

  • Utilize títulos e subtítulos (h1 é o principal, h2, h3 e afins são sub)
  • Escreva parágrafos curtos e com espaços vazios entre eles (até 5 linhas)
  • Crie listas e tópicos
  • Use , Gifs, Vídeos e efeitos de texto (negrito, itálico)

Links Internos

O uso de links internos ajuda na construção da confiança e reputação de sua página. Os links comprovam que o assunto abordado é relevante e de qualidade, além de mostrarem ao leitor que você tem outros conteúdos a oferecer, caso ele queira se aprofundar no tema.

Otimize suas imagens

É importante sempre utilizar imagens relacionadas ao assunto abordado, isso aumenta a relevância da imagem-conteúdo. Ao escolher uma imagem, opte sempre por um meio termo entre qualidade, tamanho e velocidade, para proporcionar ao seu leitor uma ótima experiência ao acessar o .
Lembre-se que o trabalho de SEO é tornar seu conteúdo acessível aos usuários através dos mecanismos de busca – isso inclui a busca no Google Imagens. Sendo assim, seja objetivo e descreva da melhor maneira possível suas imagens. Para otimizar elas, tenha sempre em mente dois atributos: o title e o ALT.

  • ALT: a função do ALT é oferecer uma descrição alternativa para a imagem com o foco na usabilidade. A melhor maneira é usar um texto breve e que melhor descreva os elementos visuais da sua imagem – é como uma descrição visual.
  • Title: title é quando alguém passa o mouse sobre a imagem e aparece um conteúdo, então use a palavra-chave.

Vale também salvar as imagens com nomes relevantes com letra minúscula, sem acentos e separado por hífen.


E ai, o que você achou das dicas de hoje? Semana que vem tem mais, então caso tenha ficado alguma dúvida ou sugestão, deixe ai nos comentários que a respondemos no próximo post!