Na última terça-feira (02) na novela Malhação: Viva a Diferença rolou um beijo e uma aproximação entre as personagens Samantha (Giovanna Grigio) e Lica (Manoela Aliperti). É a primeira vez depois de 24 edições da novela, que temos um casal lésbico na trama.

Malhação sempre foi o tipo novela exibida durante as tardes da rede Globo e que é redirecionada ao público jovem. Em todas as suas edições e em como todas as novelas, os autores buscam chegar o mais próximo possível da brasileira de muitos adolescentes. E por muito tempo, todas as tramas pareceram mais que suficientes com seus enredos que mostravam a vida do da periferia adolescente rico. Seus temas sempre abordaram a desigualdade social, o racismo e preconceito, e envolveram romances como todo bom adolescente gosta de ver em uma novela também.

Agora, nessa da novela, com os tabus sendo quebrados e a realidade sendo outra nas ruas do nosso Brasil, os movimentos sociais sendo encarados como sérios e causando bastante polêmica também para o nosso quadro atual, o autor da nova Malhação Cao Hamburger adaptou a nova edição para a realidade de muitos jovens brasileiros. Talvez desagradando algumas pessoas que estavam acostumadas com o velho estilo da novela, e também agradando muito mais a nova geração.

A nova temporada faz questão de focar o feminismo e o empoderamento das mulheres, trazendo como protagonistas ao invés de uma, 5 meninas. Cada uma com uma história diferente. A trama também como de costume mostra as diferenças entre o pobre e o rico, dá ênfase ao racismo e ao preconceito, dessa vez chegando muito mais perto da realidade ao apresentar-nos um casal LGBT.

E foi muito bem apresentado, pois chegando nesse ponto, o autor acertou em cheio ao fazer duas personagens queridas se aproximarem de maneira tão natural e delicada. O nosso casal do momento Lica e Samantha, ou como seus “shippers” gostam de dizer: Limantha, tem uma naturalidade fora de série. A maneira que as duas se envolveram, a sintonia delas e claro, a atuação excelente das nossas duas atrizes Giovanna Grigio e Manoela Aliperti, despertaram o público jovem e já renderam muita repercussão e comentários magníficos nas redes sociais.

Malhação sempre foi uma boa novela, mas a ousadia e excelência do autor ao encaixar este casal na trama com certeza irá marcar essa temporada como a melhor de todas. Pois além do mesmo enredo de sempre, alguém finalmente conseguiu mostrar algo normal em nosso dia a dia, como duas meninas se beijando ou trocando carícias, ou até dois meninos. Isso fez com que a audiência da novela subisse, várias pessoas que não assistiam malhação já há muito tempo, ligaram suas televisões só para ver o envolvimento das duas garotas e o tão prometido beijo que rolou.

A televisão brasileira precisa de mais casais como Limantha O Gabriel Lucas - #OGL

Claro, algumas pessoas irão dizer que já existiram outros beijos LGBT’s em novelas de horário nobre da Rede Globo. Mas o que não podemos deixar de lembrar é que nenhum casal LGBT da globo em alguma novela, nunca conseguiu atingir a naturalidade que Limantha conseguiu. O casal mexeu com muitas pessoas, tirou sorrisos e suspiros de tão bem desenvolvido e sintonizado o relacionamento das duas personagens.

E é por isso que eu digo e já deixo minha palavra aqui, a televisão brasileira precisa de mais casais como Lica e Samantha. Com mais naturalidade, mais sintonia e desenvolvimento na hora de abordar um tema tão delicado como esse. Porque essa é a realidade dos nossos dias, na verdade sempre foi, mas agora está vindo à tona, e o nosso melhor casal da TV brasileira está mostrando isso com tamanha excelência que fica difícil não querer acompanhá-las todos os dias na novela.