Lembra das flores que vimos e daquele ser que se aproveitava dos momentos de desapego para nos afastar mais do que estávamos? O que ele queria não se tornou real, felizmente, a nossa amizade é muito mais do que uma briga besta.

O ano acabou e o número de encontros que tínhamos caiu drasticamente, brigamos, nos reaproximamos e nos tornamos cada vez mais próximos e íntimos a cada segundo que passa. Com o tempo que passamos juntos, acordei e veio uma frase na cabeça e assim dizia “crescemos juntos e na vida tudo pode ser, formos caminhando e havia tanto que aprender” -música da série Violetta, crescemos juntos-, a vida é cheia de tropeços, tropeçamos juntos e levantamos um ao outro, isso torna a nossa amizade mais forte.

As flores que veremos será muito melhor do que as que vimos, tornarei os momentos mais especiais, tirarei mais sorrisos de ti, farei você ser mais feliz. Quero uma amizade sincera, um abraço carinhoso, um ‘eu te amo’ verdadeiro e um beijo que faça-me sonhar contigo na noite. Aquele chamado pelo nome que faz subir o prazer da felicidade, o desejo de ser amado se torna um momento real e o toque que dá em meu rosto faz perceber que tudo é real e que estamos vivendo o momento alegre e cheio de amor.

O mundo é cheio de maldade, por que não compor a bondade para crescer e se espalhar pelo nosso espaço? Vamos ser feliz ao nosso jeito, sem dar importância ao que os outros pensam, vamos pular, gritar, sorrir, cantar, viajar, abraçar, chorar, rolar, vamos realizar tudo que planejamos e o resto a vida nos mostrará. Quando estamos com a pessoa que amamos, todos os problemas se torna um simples caso, todos os defeitos somem e só enxergamos os lados bons para não estragar a felicidade que estamos vivendo.

Vamos fugir, para bem longe daqui onde há pessoas que impedem o nosso amor. O mundo não é onde pisamos, e sim onde vivemos. Criaremos nosso mundo de felicidade, igualdade e onde o amor vai dominar a tudo e todos. E tudo isso só será possível graças a uma pergunta, vamos fugir e descobrir as flores que veremos?