Sabemos que o está passando por uma enorme crise porém,

As medidas que estão sendo propostas pelo novo governo são mesmo necessárias? Elas visam nos ajudar ou nos tornar cidadãos alienados?

É hora de ser a revolução! O Gabriel Lucas - #OGL

Imagem: Inimigo Público

A MP do propõe medidas que no mínimo são absurdas como, por exemplo, não exigir mais a qualificação do para a área em que vai lecionar. Essas e muitas outras medidas estão previstas para a reforma do ensino médio e em decorrer dessas reformas, estudantes estão protestando por seus direitos.

Estão querendo formar uma sociedade incapaz de criticar, de questionar, de ter a capacidade de entender o que está certo e o que está errado. Ter as disciplinas de filosofia e sociologia como opcionais é não formar cidadãos mas, pessoas que não serão capaz de exercer um papel dentro da sociedade, é impedir que ocorra a revolução para um mundo mais digno e honesto. É  muito mais fácil fazer um jovem que não entende de política e não sabe o que é sociedade não ver as “sujeiras” de nosso país.

As medidas incluem também o aumento na carga horária e o estudo em tempo integral o que nos faz perguntar: E o salário dos funcionários? Sabemos que no Brasil o professor não é bem pago, o que é devidamente injusto pois, ele é responsável por nos tornar cidadãos de bem para com a sociedade, nos levar informação. Sem o professor não existiria outras profissões.

As escolas de vários estados brasileiros estão sendo ocupadas, os alunos reivindicam seus direitos, nós jovens nos preocupamos com nosso futuro, com nossas futuras gerações. Somos nós que estaremos vivendo no país daqui há alguns anos e depois serão nossos filhos, netos, bisnetos…

Outra medida do novo governo é a PEC/241 2016, ela tem como intenção diminuir os gastos públicos para a redução do PIB. A medida prevê corte nos gastos da saúde, e dos servidores públicos. Os jovens estão apenas lutando pelo direito que eles tem de ser um cidadão bem formada capaz de interagir na sociedade e de buscar por um futuro melhor.

O que mais me incomoda não é as propostas do governo mas, a conformidade de parte da população com coisas que estão erradas nesse país. Um país onde a violência aumenta em decorrência de diversos fatores, inclusive os problemas sociais: extrema pobreza, precariedade no saneamento básico, saúde em péssimas condições e educação sendo desvalorizada. Estamos vendo o que está acontecendo, sabemos que é possível sim melhorar mas, o que estamos fazendo para mudar o cenário atual?

Dizer que não estamos fazendo nada é errado porque alguns estão indo atrás do seus ideais mas, e o resto? Vemos tanto em história as revoluções que aconteceram no passado, e agora não vemos mais uma população que que justiça, quer democracia, nó jovens temos o poder da revolução, somos grandes pensadores mas sinto que estamos acomodados demais com a situação, não só nós como principalmente os adultos. Já é hora de vermos a realidade com outros olhos. É hora de fazermos a revolução!

Não queremos viver em um país machista, homofóbico, racista e alienado. Vamos lutar por todos os direitos conquistados que estão sendo perdidos. Vamos ser a revolução!