Um filme que reflete a vida e sua importância no meio de tantos outros assuntos banais.

A arte da conquista(The Art of Getting By) é um dirigido e roteirizado por Gavin Wiesen. Foi lançado no dia 24 de agosto de 2012 em solo brasileiro e foi exibido em alguns tanto no Brasil como em seu país de origem, Estados Unidos. O filme tem como gênero o drama, romance e a comédia dramática. Contando também com um elenco simplesmente incrível onde alguns nomes famosos se destacam, Freddie Highmore(George Zinavoy), Emma Roberts(Sally Howe) e Sasha Spielberg(Zoe Rubenstein). Tem uma duração de 1hr 24min.

Vivemos sozinhos. Morremos sozinhos. Todo o resto é apenas uma ilusão.

George é um garoto que está prestes a terminar o ensino médio. Mas diferente das outras pessoas, ele não tem expectativa nenhuma de sua e de como ela será depois do ensino médio. O personagem de Freddie Highmore é bastante retraído e não se dá bem com as pessoas, por sua opinião um pouco peculiar sobre a vida e a morte. A única saída para aquela realidade de George e algo de importância, são seus desenhos e sua paixão pela arte.

Já no começo da trama, George conhece Sally, que é totalmente o oposto dele. Pode parecer um romance clichê, mas não é bem assim.  Enquanto George tem uma visão muito pessimista da vida, Sally tem uma visão totalmente descontraída e de deve-se viver a vida ao máximo, o que faz ela achar que George é um garoto muito estranho, porém gosta também de como ele consegue enxergar as coisas.

Ao longo da trama, por não se importar com a maioria das coisas a sua volta, George tem que dar o seu melhor para poder se formar no ensino médio e ingressar na faculdade. O problema é que o garoto tem problemas dentro de casa com a mãe e o padrasto, e não tem interesse nenhum pelas coisas da escola, deixando ele em uma situação delicada.

Tudo fica muito pior quando ele precisa de um mentor para auxiliá-lo e conhece Dustin, seu novo mentor e um homem que enxerga o mundo através das artes. O problema de tudo isso é que Sally acaba se apaixonando por Dustin e o homem não consegue resistir aos encantos da garota, fazendo com que George, que já gostava de Sally e nunca teve um amigo, se sinta traído e novamente sem alguma perspectiva de vida.

— Eu achava que tinha medos, mas são comuns. Dor, morte […]

— Não eu. Tenho medo da vida

A genialidade do filme está bem ai, diante dos seus olhos. O roteiro vai muito além de um romance e um triângulo amoroso. Está no olhar filosófico de George sobre todas as coisas em que ele para para observar. Cada diálogo e cada do garoto durante toda trama te faz olhar com outra perspectiva sobre a vida que você vive e leva. O filme te mostra que todos temos problemas e já pensamos em desistir ou tivemos os pensamentos mais obscuros, fazendo você se identificar com não apenas um personagem, mas vários, de acordo com o desenrolar da trama.

A Arte da Conquista está disponível na Netflix e é um filme incrível que você não pode perder a de assisti-lo e refletir em cima dessa obra ficcional do cinema. Espero que vocês tenham um bom filme.