Youtuber nos cinemas? SIM!

O filme Eu fico loko conta a história da adolescência do youtuber dono do canal com o mesmo nome – Christian Figueiredo.

Primeiro amor, vídeos para a internet, amizade, relações familiares e bullying: o longa-metragem aborda tudo isso e muito mais.
Eu fico loko teria tudo para ser outra comédia-adolescente, com ar americano, mas na verdade, conta a história do Youtuber Christian, um pouco antes de bombar na internet. Com apenas 15 anos, Chris era um típico “loser” na escola: Não pertencia a nenhum grupo, era sempre zoado por ser quem era e por seus vídeos.
No longa, Chris (Filipe Bragança) nutre uma paixão platônica pela nova aluna, a Alice (Isabela Moreira). Com a ajuda de seu melhor amigo, Ian (José Victor Pires), ele faz de tudo para conquistá-la.


Com os típicos personagens, o loser, a garota dos sonhos, o valentão, a menina doida e primeira namorada (Giovanna Grigio) e o melhor amigo, Eu fico loko, que foi baseado nas crônicas do primeiro livro de Christian Figueiredo, é um filme de fácil identificação e que excede as expectativas.

Com Alok e Clarice Falcão na trilha sonora, o filme dirigido por Bruno Garotti é uma história muito bem-humorada que promete tirar boas risadas do público e também, lágrimas e suspiros.

Estréia no dia 12 de Janeiro.