Como muitos já sabem, eu leio de tudo um pouco, mas nunca fui lá fã de contos (Mas amei, Tristes Finais Para Começos Infelizes), então estou bem por fora do universo de Alice no País das Maravilhas, a única coisa que sei é o básico, “Uma garotinha chamada Alice, segue um coelho, cai num buraco, toma uma poção, fica pequena e conhece o País das Maravilhas.”. O Fato que me instigou a querer ler Rainha de Copas não foi tanto sua Sinopse e nem sua capa, mas sim sua frase na capa (Risos!), “A História de uma Princesa que se tornou Vilã”. E nossa isso me deixou super curioso, e já pensei: “Cara, preciso ler esse livro”. E confesso que não me arrependi, acabei me surpreendendo.

Rainha de Copas é uma fantasia escrita por Colleen Oakes e é o primeiro livro de uma série denominada Queen Of Hearts, inspirada em “Alice no País das Maravilhas“, cujo os demais livros serão publicados no Brasil pela Universo Dos Livros.

Neste primeiro livro, nos deparamos com a história de Dinah, filha do Rei de Copas e princesa do País das Maravilhas. Seu pai, o rei, não passava de um cara bêbado que simplesmente a odiava sem motivo plausível. Sua mãe faleceu havia um tempo, e Dinah foi criada praticamente pelos empregados do castelo.

Certo dia, o rei reuniu todo o reino para fazer uma confissão, sem papas na língua (Risos!) ele disse ter traído sua falecida esposa, quando a mesma ainda era viva, e para piorar o humor de Dinah, ainda confessou ter outra filha, Vittiore. E adivinha quem é a preferida do papai?

Pois é, já da para imaginar quem seria, já que uma era odiada pelo pai, sem mais nem menos.

Alguns anos se passaram e Dinah conseguiu juntar algumas respostas para os acontecimentos anteriores, respostas até de mais para sua cabeça, um pouco tanto louquinha. Após uma noite conturbada, cheia de sonhos pesados durante seu sono, eis que Dinah recebe seu banquete da manhã.

E ai, começa outro mistério, Dinah se depara com a seguinte palavra: “COMA-ME” escrita em seu pão de frutas vermelhas, e como se não bastasse essa palavra um pouco tanto, sinistra para ela, junto ao prato com o pão, havia um frasco de vidro, com a seguinte frase: “Faina Baker, a Torres Negras”.

Mas ai você deve estar se perguntando, Gabriel, mas qual é o mistério disso?

E a resposta para essa pergunta é muito simples, meu(a) caro(a) amigo(a), Torres Negras é o lugar mais perigoso do País das Maravilhas, é lá que vivem os criminosos/prisioneiros mais perigosos do País. E ai começa o mistério. Quem é Faina Baker? Seria isso uma brincadeira? Ou um Aviso?

Passados alguns dias, Dinah, como uma garota teimosa e curiosa (pelo que pude perceber), está totalmente encucada com tais acontecimentos recentes e resolve se aventurar junto a seu melhor amigo/namorado Wardley em busca de respostas para o que anda acontecendo, e a partir dai, os dois partem para uma grande aventura em busca de tais esclarecimentos. E afinal de Contas, quem é Faina Baker?

Bom, vou parando por aqui, mas já adianto que, em Rainha de Copas, você viverá uma grande aventura ao lado de Dinah e Wardley, como também conviverá com o Chapeleiro Maluco.

Eu gostei tanto deste livro que já quero o 2º logo, essa edição ficou linda, desde a capa, diagramação e enfim, todo o trabalho da editora, e eu não me recordo de encontrar erros ortográficos durante a leitura.

Espero que tenha gostado, e se você já leu, comenta ai o que achou?
Se ainda não leu, comente o que espera?

Rainha de Copas Book Cover Rainha de Copas
Queen of Hearts
Colleen Oakes
Colleen Oakes
Universo dos Livros
2014
Livro Físico
216
Skoob

Como princesa de um palácio no País das Maravilhas e futura Rainha de Copas, os dias de Dinah são uma monotonia sem fim. São muitos chás, tortas e uma série de humilhações causadas pelo Rei de Copas, seu pai. O momento mais esperado de seus dias é quando é visitada por Wardley, seu melhor amigo de infância, o futuro Cavaleiro de Copas – e o amor de sua vida.

Quando a coroação de Dinah se aproxima, uma sequência de eventos sangrentos sugere que algo errado está acontecendo nos extravagantes salões do palácio. A princesa terá de desvendar esses mistérios antes que ela perca a cabeça para um inimigo sagaz e sem rosto.

Personagens conhecidos como o Gato de Cheshire, o Coelho Branco e o Chapeleiro Maluco fazem parte da narrativa que encantará os leitores com uma nova perspectiva do País das Maravilhas, criado por Lewis Carroll.

*Livro Cedido em Parceria com a Editora
  • Carolina Valério

    Olá Gabriel.
    Eu adoro o universo criado por Lewis Carroll, e tudo o que é baseado nele. Esse livro ainda não tive oportunidade de ler, mas gostei muito da sua resenha, me deixou curiosa demais quanto a leitura.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    • Leia, creio que irá gostar, já que o mesmo foi inspirado no universo criado por Lewis!

  • Sabrina Oliveira

    Oie! Tenho muita curiosidade nesse universo de Alice, e gostei muito da premissa desse livro, contando sobre a Rainha de Copas, mas, primeiro quero conhecer a história original, que eu já sei, mas nunca li, e então eu parto pra esse é àqueles outros que tem de Alice ja adulta. Bjos

  • bem, apesar de gostar bastante do livro Alice, não me senti curiosa pra ler essa obra xD mas que legal que a leitura te surpreendeu, e eu deixo a dica de você ler a obra original de Carroll, é um livro maravilhoso 😀
    bjs…

    • Pode deixar, que sem sombra de dúvidas quando eu tiver a oportunidade irei ler a história original sim!

  • katia moura

    Olá!!

    Eu Já conhecia esse livro, porém também sou como você, uma pessoa que não é tão LIGADA A CONTOS. Eu já li esse livro, e confesso que apesar de fugir um pouco dos meus hábitos, eu gostei pela história, os suspenses e tudo que esse livro tem a nos oferecer.

  • segredoemlivros

    Oi Gabriel, que resenha maravilhosa! Eu já conhecia esse livro, mas essa é a primeira resenha que leio sobre e já quero ter meu exemplar em mãos. Sou apaixonada por essa capa e a sinopse é bem instigante, assim como sua resenha me motivou bastante para querer fazer essa leitura. Amo a ambientação e estou curiosa a respeito de seu desenvolvimento e personagens.
    Beijos, Fer (FECPRATES)

    • Quando tiver a oportunidade, leia, eu pelo menos gostei bastante e estou inclusive ansioso para o 2º Livro já.