Recebi esse livro através de uma parceria que fechei com o autor ainda quando o blog era o FTP.

Finalmente venho trazer a resenha dele por aqui, depois que o li eu simplesmente fiquei com um pensamento do tipo: “Como assim eu ainda não tinha lido esse livro antes? Por que demorei tanto para terminar?” Sério, a cada livro que eu leio com a temática LGBT eu fico cada vez mais surpreendido com a escrita dos autores, me envolvo totalmente com a história.

Mas vamos deixar de blá, blá, blá e vamos ao que realmente interessa, que é falar um pouco sobre o livro, o que ele aborda e tals.




No livro, nos deparamos com a história de Roger, um jovem que sofre uma perda de (grande) importância em sua vida e que resolve se deslocar de Brasília para passar um tempo com a família e amigos em Mato Grosso do Sul. Chegando a Campo Grande, era época de Carnaval (algo que Roger não suportava, e cá entre nós, eu não curto muito também não), no decorrer da leitura podemos perceber que o real motivo de sua ida a MS era para tentar esquecer e superar o que havia ocorrido em Brasília. Lá ele encontra o seu amigo Carlos que por sinal, o leva para sair e curtir as noites de Campo Grande.

Alguns dias após sua chegada, Roger encontra por acaso, com Andrey, um garoto que ele não suportava de jeito algum devido as atitudes do mesmo durante o tempo em que eram colegas de classe na escola, e em seguida a isso nos deparamos com uma grande surpresa (Cuidado que pode ser BOMBA!). Ainda abalado por sua perda em Brasília, Roger precisa lutar para que possa recomeçar sua vida, deixar de lado o preconceito que vem sofrendo e permitir ser amado novamente.

A construção dos personagens foi muito bem feita e cada um possuí uma característica marcante, permitindo-nos a entender a todos eles no decorrer do livro. Garanto de se você estiver um pouco desanimado, o personagem Carlos irá lhe arrancar alguns sorrisos.

Todo o livro é narrado por Roger o que acaba nos tornando íntimos a ele, os conflitos que envolvem a história nos proporciona sentimentos únicos e destintos uns dos outros. A escrita de Jander torna a leitura fluída e de fácil entendimento(Demorei para terminar devido a problemas pessoais mesmo que acabavam complicando um pouco minhas leituras).

Pode ir preparando seus post-its ai, que garanto que vai gastar vários no decorrer de sua leitura, sério, o livro é repleto de reflexões que é impossível você não gostar. Fiquem ligados lá na página Frases, Trechos e Pensamentos  que será liberado algumas quotes do livro e do autor dentro das próximas semanas.


E ai, já leu este livro? Se sim, conta pra gente o que você achou! Se não, o que espera?

EM BREVE TEREMOS TAMBÉM A RESENHA EM VÍDEO, ENTÃO, SE INSCREVAM NO CANAL E AGUARDEM!
Re+Começar Book Cover Re+Começar
Jander Gomez
Romance LGBT
Kazuá
2015
Livro Físico
292

A narrativa conta a história de um jovem homossexual em busca de um novo começo. RE+começar traz em seu enredo histórias sensíveis, mesclando situações cotidianas e reflexões sobre a sociedade atual.

A história do livro se passa/acontece em cidades diferentes, como duas visões de um mesmo mundo. Toda a trama se desenvolve com a mudança de Roger, de Campo Grande(MS) para Brasília(DF), onde ele conhece o amor e o perde para a morte. Dois anos após o trágico acontecimento que marca a vida do personagem, ele decide reencontrar suas origens, família e amigos de juventude. Em 21 dias Roger entrará em um turbilhão de emoções que o levarão a descobrir sua identidade, seus anseios, e a possibilidade de viver um recomeço.

RE+começar é uma história de enfrentamento ao preconceito, de superação e, acima de tudo, de amor.

VIA:Skoob