Até onde você seria capaz de ir pelo amor?

Os pais de Marina eram filhos de imigrantes brasileiros, e apesar dela ter nascido em Londres cresceu aprendendo a falar duas línguas, o inglês e o português. Ela perdeu os pais num acidente de carro e depois disso sua vida mudou completamente. Ela foi mandada para um orfanato e teve que se mudar de cidade, de e se afastar dos amigos que tinha.

Apesar de ser uma criança mais velha, e estar no orfanato há pouco tempo, uma família se encantou por ela e resolveu adotá-la. No dia que ela chegou à casa dos Harrison ela estava com medo pois passaria a ter três irmãos mais velhos: Maggie, Cate e Daniel (ou Dan) como todos os chamam.

Ao conhecer os novos irmãos ela ficou um pouco nervosa, mas, eles foram atenciosos com ela o que a fez relaxar um pouco. Tudo mudou quando ela viu seu irmão, o mais novo dos três. Daniel tinha onze anos e ela ficou completamente apaixonada por ele ao olhar diretamente em seus olhos azuis, porém, ela fica completamente triste quando ele puxa uma mecha de seu cabelo e ela mantém que sente por ele em segredo. No primeiro natal que passou com os Harrisons ela não teve coragem de descer para se apresentar a família até que Dan aparece em seu quarto e ensina uma técnica que ele usa para lidar com o nervosismo diante de estar diante de muitas pessoas e ela brinca que ele daria um ótimo ator.

Marina estudava numa escola para meninas, pois era tradição da família, portanto seus outros irmãos estudavam em outra escola. Ao completar onze anos ela finalmente entrou para uma escola normal que era onde Daniel estudava.

No primeiro dia de aula ela conheceu Shanti e as duas se tornaram melhores amigas. Marina também conheceu o melhor amigo de Dan e não simpatizou muito com ele.

Todos estranhavam o jeito possessivo com que Dan a olhava e a maneira como a tratava e com o tempo a atração por ele não passou a ser só emocional como também física.

Dan se formou e acabou ingressando na carreira de ator e aí depois de muita insistência de Shanti e de Marina concordar com ela para fazer um joguinho e descobrir se Dan sentia algo mais do que amor fraterno pro ela. Ela conseguiu provocá-lo e depois de alguns episódios desagradáveis eles revelaram seus sentimentos um ao outro. Eles começam a namorar escondidos dos pais e de toda a sociedade, mas já estão cansados de ter que conviver com mentiras e se escondendo de todos então resolvem fazer um plano maluco para conseguirem viver juntos.

Amor no ninho é um livro que trata de assuntos que são considerados “tabus” pela sociedade e sobre relações íntimas com familiares. No caso do livro os protagonistas Marina e Daniel são irmãos adotivos, porém não tem laços sanguíneos. Mas, será que é essa relação é bem aceita pelos pais deles? Como as pessoas vão reagir ao descobrirem?

Além disso, Marina tem apenas 16 anos enquanto Dan tem 19.

A narração é feita pela protagonista Maria até metade do livro, depois Dan, Lance e Shanti também começam a narrar partes da . O livro foca muito nos protagonistas, talvez o que tenha deixado o final um pouco enjoativo, mas a história é realmente envolvente. A autora soube tratar muito bem o assunto abordado e os personagens acabam se superando no seu crescimento no decorrer da história.

Resenha: Amor no Ninho - Maribell Azevedo O Gabriel Lucas - #OGL Amor No Ninho

Maribell Azevedo
Romance

2016
360
Resenha: Amor no Ninho - Maribell Azevedo O Gabriel Lucas - #OGL

Num mesmo ninho, podem nascer diferentes tipos de amor.
Em sua chegada à casa dos Harrison, Marina é tomada por um grande impacto ao conhecer seu novo irmão adotivo, Daniel. Os vívidos olhos azuis do garoto a fascinam de imediato, e, à medida que o tempo passa, ela se sente cada vez mais atraída por ele, descobrindo brotar em seu coração a semente de um amor proibido.
Quando vê seu desejo tornar-se incontrolável, ela precisa decidir se continua vivendo à sombra de uma máscara ou se aceita o desafio de revelar seus sentimentos...
Mas o futuro é traiçoeiro e repleto de armadilhas. Será que, para viver este amor, ela estará preparada para enfrentar o preconceito da sociedade e as surpresas que o destino lhe reserva?