Sempre acompanhei booktubers, e quando esses quatro soltaram vídeos falando que iriam publicar um livro, confesso que fiquei muito instigado a ler, Porém o que me amarou a história foi a proposta do livro, três contos baseados em três livros clássicos nossa, que responsabilidade.

O primeiro conto “Próximo destino amor” (orgulho e preconceito) escrito por Pam Goncalves nos trás a história de Liz uma jovem youtuber famosa e muito conhecida dentro do público jovem. Liz tem um futuro promissor nessa área e gosta do que faz, já sua mãe nem tanto, seu sonho é que a filha se case e construa uma família, ela obviamente não quer isso para si pois é uma mulher independente mora sozinha e tem uma vida agitada passando boa parte do seu tempo em aeroportos e é em desses que ela conhece William um cara aparentemente seu completo oposto.

Não vou focar muito no William por que ele é um personagem um tanto quanto previsível para quem já leu o livro de Jane Austin ou assistiu algum filme ou serie baseado na obra.

No geral o conto é bom, as vezes ele forca muito, cria muitas expectativas e se perde. Ele conseguiu me prender pela escrita gostosa e pela Liz, pois era como se estivéssemos lendo Elizabeth nos dias atuais. Acho que como conto ele se saiu bem, só precisaria de mais algumas páginas.

[bctt tweet=”“As pessoas podem amar, sim, e encontrar o amor, mas não precisam fazer disso a prioridade na vida. O amor talvez goste de brincar de esconder e não apareça quando se está procurando.” Pág. 36″ username=”oarapuka”]

20160717_112410

O segundo conto “(Re)começo”(dom casmurro) escrito por Bel Rodrigues nos apresenta Madu, uma garota decidida que sabe o que quer da vida, mas  que ainda é assombrada por seu antigo relacionamento abusivo. Encontramos essa personagem se preparando para uma viajem a Búzios em pleno inverno.

Não vou falar mais para não dar spoilers, mas é de longe meu conto favorito. A escrita e empolgante, a personagem principal e decidida e contagiante. Você entra no universo de Madu mesmo sem querer.  Madu consegue carregar nas costas seu conto, e quem dirá o livro. Pois assim que o seu conto terminou fiquei esperando sua participação no próximo, que infelizmente não ocorre.

[bctt tweet=”“Ninguém nos ensina como evitar uma decepção. Sentir que persistiu ao lutar por uma amizade é mais forte do que a dor de perdê-la tão de repente.” Pág. 90″ username=”oarapuka”]

O terceiro e último conto “337 km” (romeu e julieta) escrito por Hugo Francioni e Pedro Pereira, nos traz Júlio e Ramon, dois garotos que gays “geeks” e que se conhecem por acaso em um grupo no facebook onde Júlio postava algumas de suas histórias e Ramon lia e se interessou resolveu procurar o autor.

No geral o conto é o mais fraco, porem o mais realista, mas os autores acabaram se perdendo nos referenciais da cultura pop e enchendo as linhas de coisas sem sentido e sem graça, em alguns momentos senti uma certa vergonha em ler alguns trechos. Porem eles trazem um casal gay o que não estamos tão acostumados a ver, e de certa forma o casal é fofo.

[bctt tweet=”“Não perca tempo lamentando e continue correndo atrás. É assim que transformamos sonhos em realidade.” Pág. 238″ username=”oarapuka”]

Queria criticar os três contos dizendo que “não vi personagens negros, asiáticos ou acima do peso” vi só o padrão estético que estou cansado de ler.

No geral o livro é uma ótima leitura para se distrair, confesso que me decepcionou um pouco.

o amor nos tempos de #likes Book Cover o amor nos tempos de #likes
Pam Gonçalves, Bel Rodrigues, Hugo Francioni e Pedro Pereira
Chick-lit / Ficção / Infantojuvenil / Jovem adulto / Romance
Galera Record
2016
272
Skoob

Os tempos mudaram, mas e o amor? Continua a dar aquele frio na barriga e fazer os jovens atravessarem quilômetros para viver uma paixão? Em "O Amor nos Tempos de #Likes", quatro booktubers se inspiram em três histórias da literatura para criar suas versões de contos românticos na era digital. Uma bela, jovem e famosa youtuber com medo do amor; um casal inesperado em um encontro às escuras (literalmente) e dois meninos apaixonados por livros tentando entender quem são e o que querem são os protagonistas destes contos que evocam "Orgulho e Preconceito" (Pam Gonçalves), "Dom Casmurro" (Bel Rodrigues) e "Romeu e Julieta" (Pedrugo).