Mariana Aydar, Tiê, Emanuelle Araújo e Lucy Alves serão as vozes deste momento único.

Rio de Janeiro, 24 de março de 2017 — O do Rock in Rio traz, no dia 16 de setembro, uma homenagem ao mestre João Donato, um dos cantores mais respeitados no Brasil e no exterior e dono de um repertório de dar inveja, especialmente pela sua comunicação com o público. Para dar voz a este momento único, quatro cantoras expressivas da nova geração da música brasileira sobem ao palco: Mariana Aydar, Tiê, Emanuelle Araújo e Lucy Alves.

João Donato é dono de uma plateia bem eclética. A jovialidade de suas canções contagia o público como um todo, passando por gerações“, garante Zé Ricardo, diretor artístico do palco Sunset.

Para a equipe artística do palco, “Mariana tem uma carreira conhecida e respeitada, assim como Tiê, que teve uma de suas músicas entre as de maior sucesso no ano passado, “Noite”. Já Emanuelle Araújo lançou, também em 2016, um dos melhores discos dos últimos tempos, que se chama “O Problema é a Velocidade”. O encontro terá ainda Lucy Alves, uma cantora nova e excelente instrumentista (ela toca acordeão, baixo e violão). É uma união de quatro cantoras expressivas para interpretar canções como A Paz e Bananeira, conhecidas e que o público sempre acompanha“, diz.

Rock in Rio: Palco Sunset homenageia João Donato O Gabriel Lucas - #OGL

Sobre Mariana Aydar

Inserida no mundo artístico desde pequena por conta da sua família, começou a sua própria trajetória artística em 2000 como backing vocal de Miltinho Edilberto, cantor de forró. Não demorou muito para começar sua primeira banda de forró chamada Caruá. Mas sua empreitada solo começou quando, em Paris, em 2004, conheceu Seu Jorge e foi convidada para abrir seus shows na turnê europeia. Voltando para o Brasil em 2005, investiu em seu álbum de estreia, “Kavita 1”, da qual a canção “Deixa o Verão”, convocada para completar a trilha sonora da novela “Malhação”. Em 2007, Mariana Aydar foi indicada ao prêmio de Revelação no VMB (Video Music Brasil), da MTV.

Não é a primeira vez de Mariana no . Na edição de 2011, fez uma participação no show do Snow Patrol cantando “Set the fire to the third bar”. Seu último trabalho lançado foi em 2015, o disco “Pedaço Duma Asa”, em parceria com o artista plástico Nuno Ramos.

Sobre Tiê

A paulista Tiê lançou seu primeiro álbum em 2007, o “Sweet Jardim” com dez faixas de autoria própria nas quais canta e toca piano e violão. Seu segundo álbum, “A Coruja e o Coração”, rendeu a Tiê uma indicação ao Prêmio Multishow 2010 e proporcionou turnês por todo o Brasil, Nova Iorque e Europa. Além disso, foi indicado pela Folha de S. Paulo como um dos discos que formaram a identidade musical brasileira dos anos 2000. Seu terceiro álbum, “Esmeraldas”, foi lançado em 2014 e a faixa “A Noite” fez parte da trilha sonora da novela “I Love Paraisópolis”.

Sobre Emanuelle Araújo

Emanuelle Araújo surgiu para o grande público em 1999, quando substituiu a cantora Ivete Sangalo na banda Eva, que rendeu à cantora o prêmio de cantora revelação do carnaval de Salvador no ano seguinte. Junto à Banda Eva, participou de diversos festivais, como o de Montreux, o de Verão de Salvador e diversos outros pelo mundo. Em 2002, deu um novo rumo à sua carreira entrando para uma banda de pop rock e se dedicando à atuação também. Como atriz, participou das novelas A Favorita, Ó Pai Ó, Malhação e Pé na Jaca. Atualmente, a cantora canta com a banda Moinho, possui músicas que compõem trilhas sonoras de algumas novelas. Em 2016, a artista lançou seu primeiro álbum solo, “O problema é a velocidade”.

Sobre Lucy Alves

A artista Lucy Alves foi descoberta em 2013, na segunda temporada de The Voice Brasil, quando chegou à final do programa. Sua participação na TV rendeu um contrato com a que possibilitou o lançamento de seu primeiro álbum solo. Lucy é cantora, compositora, multi-instrumentalista e atriz. Seu primeiro papel de destaque foi em 2016, na novela das 21h, Velho Chico, onde contracenou com Camila Pitanga, Domingos Montagner e outros artistas renomados. Nesse mesmo ano, mudou de gravadora, para a Warner Music Brasil. Antes da fama, participava do grupo Clã Brasil, de Itaporanga, que tocava músicas típicas do nordeste brasileiro. Junto da banda, ela lançou mais de cinco álbuns e, em 2010, foram homenageados no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa, recebendo a “Comenda Ariano Suassuna”. A artista já gravou e tocou ao lado de Dominguinhos, Marinês, Pinto do Acordeon e Alceu Valença.

Venda oficial de ingressos começa no dia 6 de abril
A venda dos ingressos para o Rock in Rio 2017, que começa no dia 6 de abril, é feita através da Ingresso.com, canal de vendas oficial do festival desde 2011. Mesmo sendo uma compra exclusivamente online, não há cobrança de taxa de conveniência.

Para a edição do , o valor da entrada será de R$ 455,00 (inteira) e R$ 227,50 (meia). Clientes Itaú elegíveis têm direito ao desconto de 15% (não cumulativo com a meia-entrada). O pagamento pode ser feito somente por cartão de crédito, com possibilidade de parcelamento em até 6x sem juros. Pagamentos efetuados com os cartões de crédito Itaú e Itaucard poderão ser parcelados em até 8x sem juros.

Antes de finalizar a compra do Rock in Rio Card, será possível contribuir para o projeto socioambiental Amazonia Live, em combos de 1, 2, 3, 5 ou 10 Árvores. Todas as doações serão depositadas na conta do FUNBIO e convertidas em plantio de árvores. Cada árvore custa R$4,50 + taxas de transações financeiras.

Ingressos serão pulseiras com chip (Possivelmente com a mesma tecnologia do Lollapalooza Brasil 2017) – Uma novidade da organização é que o ingresso, antes no formato de cartão ou papel, será substituído por uma pulseira de identificação com chip, com sete modelos diferentes, de acordo com o dia do festival. A nova tecnologia oferece mais conforto e segurança tanto para o público quanto para os organizadores. A pulseira deve ser colocada somente no dia do festival pois seu fecho é inviolável e também não pode ter as pontas cortadas. “Uma vez colocada no pulso, não é possível removê-la sem que seja danificada”, explica Juliana Ribeiro, gerente de Ticketing.

Sobre o Rock in Rio

O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo. Criado em 1985 e com 32 anos de vida, é parte relevante da história da música mundial. O evento já soma 17 edições, 101 dias e 1.604 atrações musicais. Ao longo destes anos, mais de 8,5 milhões de pessoas passaram pelas Cidades do Rock.

Nascido no , o Rock in Rio conquistou não só o Brasil como, também, Portugal, Espanha e, em maio de 2015, chegou aos Estados Unidos da América, sempre com a ambição de levar todos os estilos de música aos mais variados públicos.

Muito mais que um evento de música, o Rock in Rio pauta-se também por ser um evento responsável e sustentável. Em 2001, através do projeto social “Por um mundo melhor”, assumiu o compromisso de consciencializar as pessoas para o fato de que pequenas atitudes no dia-a-dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos. Em 2013, o Rock in Rio recebeu a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis, um reconhecimento do poder realizador da marca que desenvolve diversas ações com vista à construção de um mundo melhor, como a criação de 182.500 empregos diretos e indiretos no total das 17 edições, e mais de R$ 71 milhões investidos em causas socioambientais e a construção de um legado positivo para as cidades onde o evento é realizado.